Pessoas estranhas #58 - a grávida filha da puta

quinta-feira, maio 18, 2017

Isto já aconteceu no ano passado mas só agora esta putéfia foi considerada culpada. Uma mulher grávida de 3 meses perseguiu um ciclista e passou-lhe por cima, partindo-lhe as costelas e deixando-lhe o fígado em frangalhos. Antes, ela estava a falar ao telemóvel e, portanto, distraída, quando ele embateu contra o retrovisor e começou a barafustar a pedir que ela parasse.

Ela só parou depois de o perseguir e ter a certeza que o atropelou, e deixou-o sozinho a agonizar. "Um ataque de raiva", é o que a imprensa diz, e podem ver o vídeo aqui. Agora, aguarda a sentença, que pode ir até 5 anos de prisão.

Este assunto toca-me especialmente, já que o meu avô faleceu desta forma. Estava a andar de bicicleta e um filho da puta passou-lhe por cima de propósito (até saiu da estrada para o fazer; e há o testemunho do pendura que confirma a intenção) e nunca foi condenado a nada. Nunca sequer sentou o seu cu nojento num tribunal, porque o sistema não funciona e porque é filho de um político local.

Esta gente tem "ataques de raiva" e brincam com a vida dos outros, armando-se em deus e pensando que escapam impunes. Não é por estar grávida na altura que vou sentir um mínimo de compreensão. Devia arder no inferno, e devia ter ardido logo na altura. Gente de merda, donos da razão, nos píncaros da carência de civismo e respeito ao próximo, foda-se.


Também deves gostar disto

0 comentários

Seguir por email

Visitantes

Blogs Portugal